<$BlogRSDURL$>

sexta-feira, março 12, 2004

ATENçÃO 

Poderia começar aqui a escrever com algum CUIDADO, com virgulas, e pontuação(!),um texto sem mais acabar. Falar como se nada fosse, porque não existiria compromisso algum, e sem somente saber onde vai parar. Falar disto, daquilo, e de tudo, sem nada dizer. As palavras banais escorrem mesmo como ESTE leite com chocolate cuja garrafa se encontra mesmo ao meu lado, ainda por metade.
As palavras são imensas, e as portuguesas "são aos montes, e às Serras impossíveis de escalar", no entanto poderão tornar-se um chorrilho sem dizer coisa alguma num único TEXTO, sem mais nada a acrescentar neste mundo. Felizmente poderei seguir em frente com esta fraca literatura que pouco a pouco vai crescendo, vai sendo contruida, palavra a palavra, suportando o peso de outras palavras que são como pedras embora NÃO menos importantes, mas que suportam o essencial da mensagem.Mas o que importa é continuar a saga, até à morte, até ao fim, para depois de completado o ciclo resguardar-me na sombra de uma cobertura contruida com as pedras de um material qualquer tectónicamente e emocionalmente aprovado. Glup, mais um gole do leite achocolatado. FAZ mal saber de antemão que tudo aquilo que se escreve "não vale a pena, não vale uma fisgada dessa dor " , sentindo-me num alvo à mercê de todos os tiros (e mais algum). Fico, de facto, SENTIDO em saber que tudo felizmente será limpo, e que alguem me irá desculpar por ter uma quantidade demasiado grande de palavras, mas agora é so fazer a filtragem.

|

Comments: Enviar um comentário

 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?